o amor veio

o amor veio a galope
pulo a pulo / bote a bote
me atingiu / como um golpe
Lança quente /fura a gente
fervente e inocente veio o
amor.

Um comentário:

p. disse...

meu poeta,
como sempre.. lindo poema!
parabéns, te admiro cada dia mais s2