moço, também tenho sonhos

Acordei hoje, meu amor
com estrelas nos olhos,
com flores nos lábios
e com paz à volta.

Olhei pra ti, paixão
e estava com face intensa
adornada por um brilho,
que era só seu.

Toquei um lado do seu rosto
a face direita, me lembro bem.
Toquei com receio
era singelo e puro.

Doce e macio, me lembro
como se fosse real.
Era bom, era lindo.
Passamos auroras juntos.

Do toque sutil e leve,
segurei seus negros cabelos
puxei seu rosto pra mim.
Foi lindo, foi bom.

Passamos um tempo juntos.

Seu rosto toquei no meu.
Macio e quente era.
Seus lábios contemplei,
bem de perto. Criei coragem.

Como mel, seus lábios.
Como meu, queria tê-los.
Num golpe de destino e tempo,
Toquei eles com o toque dos meus.

Passamos um verão nosso juntos.

Durou o tempo preciso.
Segurei sua mão.
Passei meus receios
pro nó da dança dos nossos dedos.

Receios, medos e problemas,
passamos juntos, unidos.
Minha amada e seu mel viciante.
Que dure um eterno instante.

Quero ser seu,
Quere seu mel,
Ver juntos o céu,
particular.

não apenas um ou outro,
mas um par.
pra ficar à par de tudo
isso.

2 comentários:

Ana Aitak disse...

Fico feliz que tenha gostado, retribuo quem me segue linkando mesmo, se não se importa...muito bonito o que escreve, volto mais vezes pra conferir, abração.

Mel Almeida disse...

Humm! Muito linda a postagem... ;D
Obrigada pela visita, viu? E pode
seguir, sim! Tô seguindo também.
^^

POde voltar mais vezes que eu vou voltar por aqui! x)

Abração!